Como criar uma marca referência no mercado




Ao longo da nossa trajetória como doutoras que salvam marcas, recebemos muitos pacientes com negócios que não tinham durado sequer um ano, pois não conquistaram sua audiência. Muitas vezes eram ideias boas, mas que não foram lapidadas para terem um diferencial de mercado.


Hoje nós vamos te contar o segredo de um negócio prosperar e, de quebra, te ensinar como sua marca pode deixar uma marca no mundo e conquistar pessoas.



Os 3 passos para construir uma marca forte


Existem 3 etapas fundamentais que não podem ser puladas se você deseja ter uma marca que vai nascer e se jogar no mundo: branding, marketing e estratégia de conteúdo.


Afinal, apesar de serem 3 universos diferentes, eles se complementam - já que cada um tem uma função dentro do plano estratégico de um negócio.



Branding


Antes de tudo, quando criamos uma marca, precisamos ter algumas coisas muito claras, pois, assim como as pessoas, as marcas têm uma identidade: seu propósito, seus diferenciais, seu posicionamento, como se comunicam, etc.


Então, o branding é a primeira etapa dessa construção porque ele ajuda a identificar e desenvolver uma marca para que ela gere identificação e se conecte com pessoas. Essa é uma etapa, portanto, de autoconhecimento. E é com um bom trabalho de branding que vamos desenvolver uma marca irresistível que as pessoas queiram comprar.


Afinal, o consumidor tende a se conectar e escolher aquilo que gera desejo, emoção e identificação. Já parou para pensar nisso?



Marketing


Agora que você tem uma marca desejada, chegou a hora de vender seus produtos ou serviços. É aqui que entra a estratégia de marketing. Com a estratégia de branding definida, é hora de mergulhar no modelo de negócio, identificar os gaps de vendas que serão preenchidos com o trabalho de marketing, analisar sua concorrência para encontrar pontos de superação e pensar em detalhes comerciais: como seu produto ou serviço vai ser distribuído? Como precificar o que você vende para seu negócio obter lucro?


Por isso, o plano de marketing é muito importante. Ele vai agregar valor à sua proposta de branding: é nele que os pontos do seu negócio se conectam.



Conteúdo


Sua marca passou pela etapa de branding e de marketing. Agora, chegou a hora de botar a mão na massa e pensar no plano tático que vai colocar em prática tudo o que você imaginou para o seu negócio.


Sendo assim, o plano de conteúdo vai identificar o DNA da sua marca, como ela interage no online e offline, a linha editorial, os canais que fazem mais sentido para o seu negócio e até os emojis que você deve usar para ser lembrada pelo público! Aqui na clínica, chamamos essa etapa de “revolução”, pois é o grande passo que prepara seu negócio para ser relevante e ganhar autoridade, e revoluciona (mesmo!) a forma de contar sua história para o mundo!



Criando uma marca referência


Agora, imagina a cena: o paciente chega aqui na clínica sem nenhuma dessas estratégias e diz: quero um perfil no Instagram para vender um produto que criei. O diagnóstico das doutoras é dado na hora: seu negócio até vai nascer e sua ideia pode ser muito boa, mas sua marca vai entrar em coma junto das outras ideias que não se sustentaram porque pularam as 3 etapas necessárias para ganhar relevância, autoridade e audiência.


Ou seja: branding cria, marketing vende e o conteúdo estratégico traz consistência. Tudo em conjunto, como os sistemas do nosso corpo que se conectam e trabalham em equipe para fazer a gente ficar de pé.


E quer saber a melhor parte dessa história toda? A Dra. Social Media te acompanha em todas as etapas de saúde de uma marca, disponibilizando uma equipe médica que vai mergulhar na sua dor e trazer o melhor direcionamento para sua marca ser referência no mercado!


Está na hora de tirar o seu negócio de milhões do papel. Não sabe por onde começar? As doutoras te ajudam!